Dois homens foram detidos pela Polícia Judiciária esta terça-feira em Queluz por suspeita de um crime de homicídio na forma tentada, um crime de tráfico de droga e por detenção de arma proibida.

A tentativa de homicídio remonta ao dia quatro de agosto de 2020. Dentro de um restaurante, na zona da Amadora, os suspeitos e a vítima entraram numa discussão. Algum tempo depois, já na Amadora, a vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo, na zona da virilha, após ter sido surpreendida pelos dois suspeitos, "procurando vingar-se", um dos quais estava munido de uma espingarda caçadeira.

Após dispararem contra a vítima, os dois suspeitos "puseram-se em fuga para parte incerta". No entanto, através das diligência das polícia, foi possível identificar os autores do crime.

Elementos da Polícia Judiciária interceptaram os suspeitos, com 37 e 30 anos de idade, fora de flagrante delito e através de buscas domiciliárias que culminaram ainda com a apreensão de uma quantidade de haxixe suficiente para a introdução no mercado ilícito de mais de 1650 doses.

Os dois detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Sintra, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de apresentações diárias ao OPC da área de residência.