Um ajuntamento de cerca de 200 pessoas, na Figueira da Foz, foi interrompido na madrugada desta terça-feira por elementos da Polícia Marítima e da PSP, por estarem a violar as regras de segurança impostas pelo combate à covid-19.

De acordo com uma nota de imprensa da Autoridade Marítima Nacional, “os elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Figueira da Foz, em colaboração com a PSP, interromperam durante a madrugada de hoje um ajuntamento de cerca de 200 pessoas que se encontravam na Praça do Forte, na Figueira da Foz”.

A nota refere que, “durante uma ação de patrulhamento conjunta, pelas 05:00, foram detetados vários grupos de pessoas reunidas, num total de cerca de 200 pessoas”.

Aquelas pessoas encontravam-se “a consumir bebidas alcoólicas, tendo os elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Figueira da Foz e da PSP dado indicações para que as pessoas abandonassem o local”.

Desta ação, explica a nota de imprensa, “resultou o levantamento de três autos de notícia por consumo de bebidas alcoólicas na via pública e três autos de notícia por falta de uso de máscara”.

/ CP