Um homem de nacionalidade holandesa com 32 anos roubou, na noite desta terça-feira, uma embarcação dos pilotos da barra do porto de Lisboa, junto às torres VTS (Centro de controlo e tráfego marítimo de Lisboa), em Algés. 

Já passava das 21:00 quando o alerta foi dado à Polícia Marítima (PM). De imediato, foi ativada a embarcação de alta velocidade, que encetou uma perseguição em pleno rio Tejo com o objetivo de intercetar e deter o suspeito. Durante a perseguição, o indivíduo tentou por várias vezes abalroar a lancha da Polícia Marítima, sem sucesso.

Meia hora depois, o suspeito encalhou o barco furtado dos pilotos da barra perto do Cais do Sodré, na margem do Cais das Colunas, em Lisboa. Aí, atirou-se à água e nadou para terra, subindo a margem. Assim que pôs os pés no passeio, foi imediatamente detido pela Polícia Municipal, que já tinha sido alertada pela congénere marítima. 

De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, o Grupo de Ações Táticas - unidade de intervenção da PM - chegou a ser ativada, mas não foi empenhada, uma vez que o suspeito foi intercetado com sucesso. 

A TVI sabe que o holandês chegou a Portugal há dois anos e que são ainda desconhecidas as razões para este insólito furto no porto de Lisboa. O suspeito está detido nos calabouços de uma esquadra da PSP e deverá ser presente a um juiz de instrução criminal, nas próximas 48 horas, para conhecer as medidas de coação tidas por adequadas.

Luís Varela de Almeida