As buscas para encontrar um turista com nacionalidade coreana e norte-americana, que na segunda-feira caiu ao mar em Peniche, foram suspensas às 18:00 e deverão ser retomadas na manhã desta quarta-feira, disse o comandante da capitania local.

Vasco Cristo adiantou à agência Lusa que as buscas estão a ser feitas no mar e em terra, tendo sido empenhadas duas lanchas, uma do Instituto de Socorros a Náufragos e outra da Marinha.

Um ‘drone’ (veículo aéreo não tripulado) da Polícia Marítima está também a ajudar nas buscas em locais inacessíveis junto à costa.

Por terra, as buscas estão a ser asseguradas por meios da Polícia Marítima, PSP e bombeiros de Peniche e o capitão do Porto disse ter sido ponderado acionar uma equipa de mergulhadores para reforçar as buscas, mas não existem condições para aqueles profissionais trabalharem.

Na tarde de segunda-feira, um homem com cerca de 60 anos, de nacionalidades coreana e norte-americana, “encontrava-se em zona de perigo junto à água”, no Cabo Carvoeiro, em Peniche, quando foi arrastado por uma onda e desapareceu no mar.