A Polícia Municipal de Lisboa abriu um processo disciplinar aos agentes que deixaram um carro patrulha e um reboque mal-estacionados numa rua na zona da Pontinha, no concelho de Odivelas, impedindo durante vários minutos um autocarro de passar no local, enquanto jantavam num restaurante ali perto.

Em resposta a um pedido de esclarecimento da TVI24 sobre o caso, a Polícia Municipal esclareceu que "não é permitido o uso de viaturas da Polícia Municipal fora do município, exceto mediante autorização expressa do Comandante, o que não aconteceu ". Em consequência, "o Comandante da Polícia Municipal de Lisboa já procedeu à instauração de um processo disciplinar a propósito dos factos expostos no vídeo", acrescentou. 

De acordo com um vídeo publicado no Facebook por uma testemunha no local, o incidente aconteceu na quarta-feira à noite. O autor do vídeo mostra-se indignado porque os agentes policiais estavam fora da área de jurisdição e as viaturas estacionadas de forma irregular. 

Nas imagens pode ver-se que os dois veículos da Polícia Municipal estavam estacionados num local sinalizado como de estacionamento proibido. Enquanto o motorista do autocarro tentava fazer a manobra, impedido pelos carros da polícia, os agentes estavam a jantar num restaurante próximo do local. O autor do vídeo, indignado, dá a entender que os moradores são multados se estacionarem naquele local, enquanto os agentes da autoridades parecem estar acima da lei.

Na rede social, sucedem-se as críticas aos polícias, mas há também quem sublinhe que o autor do vídeo nada fez para ajudar a resolver a situação.

Contactada pela TVI24, a Polícia Municipal de Lisboa recusou comentar o incidente e remeteu os esclarecimentos para o gabinete do vereador da Câmara Municipal de Lisboa com o pelouro da Mobilidade e da Segurança, Miguel Gaspar.

A TVI24 procurou também entrar em contacto com o autor do vídeo, mas até ao momento não obteve qualquer resposta.