Três homens foram constituídos arguidos por vários furtos num armazém de revenda de produtos informáticos na freguesia da Pontinha, Odivelas, distrito de Lisboa, tendo sido apreendido material avaliado em cerca de 35 mil euros, anunciou hoje a PSP.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão Policial de Loures, refere que recuperou 23 computadores portáteis, nove torres de computador, oito monitores, quatro teclados e outros materiais informáticos.

De acordo com as autoridades, foram feitas “diligências investigatórias no intuito de identificar e intercetar os suspeitos responsáveis”, levando à detenção de três homens, entre os 34 e 64 anos, por estarem associados aos roubos.

As diligências aconteceram nos concelhos de Setúbal, Sesimbra, Odivelas, Lisboa e Amadora.

A PSP recorda ainda que os homens colocavam os materiais à venda, em contacto direto com os compradores ou através das redes sociais e páginas da internet, como o sítio de compra e venda OLX.