As quatros pessoas dadas como desaparecidas no rio Lima, em Ponte da Barca, reapareceram a pé e as buscas foram concluídas, disse à Lusa fonte da Proteção Civil, que disse tratar-se de um falso alarme.

O alerta, segundo a fonte, “foi dado por jovens que estavam na praia fluvial em Ponte da Barca, temendo que as quatro pessoas que tinham deixado de ver se tivessem afogado”, situação que acabou por não acontecer, pois “essas pessoas, que se haviam deslocado para outro local, reapareceram na praia”.

Foi um falso alarme, não há pessoas desaparecidas no rio Lima”, acrescentou a fonte.

Pelas 17:00, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo recebeu um alerta de quatro pessoas desaparecidas naquele rio.

Para o local, para proceder às buscas, deslocaram-se então bombeiros de Ponte da Barca, Arcos de Valdevez e Ponte de Lima, num total de 19 operacionais apoiados por sete viaturas.

/ AG