Os bombeiros de Ponte de Lima resgataram, no domingo, uma gata que estava há cinco dias no topo de um pinheiro junto ao campo de golfe da vila.

Foram precisos cinco dias, pelos menos seis tentativas e vários meios até que "Lola" cedesse, o que só aconteceu depois de ser atingida com um jato de água.

O alerta foi dado pelos donos e os moradores divulgaram a imagem da gata nas redes sociais.

“Olá, pessoal! Vivo na urbanização do GOLF e resolvi dar um passeiozinho. Subi a este pinheiro e agora não sei descer....

Publicado por António Mário Leitão em  Sábado, 26 de setembro de 2020

Os bombeiros tentaram por diversas vezes apanhar "Lola", recorrendo inclusive à autoescada, mas o animal saltava entre copas de árvores quando alguém se aproximava.

Os operacionais ainda tiveram a ajuda de uma empresa local de desporto de aventura, mas "Lola" mudava de árvore sempre que alguém se aproximava.

Segundo o jornal O Minho, ao quinto dia a dona da gata pediu aos bombeiros que atirassem água ao animal. Primeiro foi colocado um toldo por baixo da zona onde estava "Lola", que, depois de atingida pelo jato de água, caiu nesse mesmo toldo.

Segundo a Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua, "a Lola está bem".

Temos a agradecer a persistência dos Bombeiros de Ponte de Lima que estiveram no local por 6 vezes para tentar o resgate e à empresa Timeout que com o equipamento e técnicas de escalada conseguiram em conjunto com os bombeiros, família dona da gatinha, a nossa voluntária fazer este resgate com sucesso!", escreveu a associação Alaar.

 

‼️Resgate de uma gatinha em cima de uma árvore há 5 dias‼️ 🐾A propósito da gatinha que se encontrava em cima de um...

Publicado por Alaar - Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua em  Domingo, 27 de setembro de 2020
Redação / CM