A GNR apreendeu na região do Porto 520 quilos de folhas de tabaco e 70 mil cigarros, no valor de 116 mil euros, anunciou hoje aquela força policial.

Em comunicado, a Unidade de Ação Fiscal da GNR explicou que o valor total da mercadoria apreendida ascende a 116 mil euros, "dos quais mais de 100 mil são referentes ao valor de prestação tributária em dívida".

As operações ocorreram na quinta e na sexta-feira, na sequência de fiscalizações rodoviárias nos concelhos de Vila Nova de Gaia e da Póvoa de Varzim.

Numa dessas ações, os militares detetaram dois homens, ambos de 31 anos de idade, a fazer o transporte das folhas de tabaco, que dariam para produzir o equivalente a 520 mil cigarros.

Os dois homens em causa deverão comparecer ainda hoje nos serviços do Ministério Público de Vila Nova de Gaia, disse à agência Lusa uma fonte da Unidade de Ação Fiscal da GNR.

Na outra ação, os militares detetaram outro homem, este de 43 anos, a transportar 70 mil cigarros sem estampilha fiscal.

Foi autuado por suspeita da prática de contraordenação aduaneira de introdução irregular no consumo", detalhou a GNR.