O Comando Territorial da GNR do Porto anunciou hoje a detenção de um homem de 63 anos, pelo crime de violência doméstica, na localidade de Paredes.

Em comunicado, a GNR esclarece que “na sequência de uma denúncia por violência doméstica, apurou-se que uma mulher, de 45 anos, estava a ser vítima de maus tratos físicos e psicológicos, por parte do ex-namorado, por este nunca ter aceite a separação”.

“Durante o trajeto que a vítima realizou para chegar ao posto e formalizar a queixa, o suspeito perseguiu-a e, já na presença de militares da Guarda, proferiu ameaças, tendo sido detido em flagrante delito”, acrescenta.

Durante a investigação, a GNR apurou que o veículo da vítima tinha um aparelho localizador GPS, que permitia ao detido saber quais os locais onde a mulher se encontrava diariamente.

O detido já foi presente a 1.º interrogatório, no Departamento de Investigação e Ação Penal de Marco de Canaveses, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de aproximação da vítima até uma distância de um quilómetro, sendo controlado através de pulseira eletrónica.