A Polícia Judiciária (PJ) deteve um jovem, de 17 anos, suspeito do roubo de uma viatura por ‘carjacking’, com recurso a arma de fogo, na zona de Vila do Conde, distrito do Porto.

Em comunicado, a PJ explica que, cerca das 02:00 de domingo, o suspeito “abordou o proprietário de um veículo automóvel, de gama alta, que acabara de estacionar, e, sob ameaça de arma de fogo, coagiu-o à entrega do veículo, fugindo do local”.

“No decurso das diligências de investigação levadas de imediato a cabo, a Polícia Judiciária veio a localizar o veículo a circular na cidade do Porto, no interior de diversos bairros sociais, e procedeu à abordagem do condutor que se verificou ser o autor do roubo cometido horas antes”, acrescenta a nota.

O detido, sem atividade académica ou profissional, reside na área urbana do Porto e não possui carta de condução.

Presente a primeiro interrogatório judicial, um juiz de instrução criminal aplicou-lhe a medida de coação mais gravosa: prisão preventiva.

O inquérito é titulado pelo Ministério Público no Departamento de Investigação e Ação Penal de Vila do Conde.

O ‘carjacking’ é um fenómeno criminal que consiste, essencialmente, no roubo de veículos na presença ou proximidade do seu proprietário, que vê a sua integridade física ameaçada, geralmente com recurso a arma branca ou de fogo.

. / AM