Três jovens suspeitos de roubos violentos no Porto ficaram em prisão preventiva esta quarta-feira.

Os jovens têm 16, 18 e 19 anos. Todos estiveram institucionalizados no Centro Juvenil de Campanhã, sendo que o mais novo ainda lá estava e o de 18 anos saiu do estabelecimento há pouco tempo.

Ao que a TVI conseguiu apurar, os jovens roubavam telemóveis e carteiras, agredindo as vítimas.

Há pelo menos quatro vítimas identificadas pelas autoridades: dois cidadãos portugueses e dois cidadãos espanhóis.