O número de mortos por Covid-19 em Portugal subiu para 1.330, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

São mais 14 óbitos, um aumento de 1,1%, em relação ao balanço anterior. Destes, "apenas seis ocorreram nas últimas 24 horas", indicou o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, uma vez que as restantes nove resultam da "verificação dos certificados de óbito".

Foram, ainda, contabilizados 165 novos casos (subida de 0,5%), elevando o total para 30.788.

Há 531 doentes internados (menos cinco) e 72 doentes em cuidados intensivos (menos seis). A recuperar em casa estão 11.105 pessoas.

Registam-se, ainda, mais 273 doentes recuperados, com o total a subir para 17.822.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (744) e infetados (16.699), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (322/9.567), do Centro (233/3.683), do Algarve (15/361), dos Açores (15/135) e do Alentejo (1/253), mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos e apenas 90 casos positivos.

Quanto aos casos suspeitos, 1.899 aguardam resultados laboratoriais.

Sob vigilância das autoridades de saúde encontram-se 26.449 pessoas.

Boletim da DGS - 25 de maio by TVI24 on Scribd


Em termos demográficos, o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção - 2.182, seguido de Vila Nova de Gaia (1.552), Porto (1.347), Matosinhos (1.269), Braga (1.209) e Gondomar (1.077).

Segundo, ainda, dados da DGS, 681 vítimas mortais são mulheres e 649 são homens.

Das mortes registadas, 897 tinham mais de 80 anos, 258 tinham entre os 70 e os 79 anos, 118 tinham entre os 60 e 69 anos, 41 entre 50 e 59, 15 entre os 40 e os 49, e um dos doentes tinha entre 20 e 29 anos.

Do total de infetados, 17.813 são mulheres e 12.975 são homens.

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.185), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.145) e das pessoas com mais de 80 anos (4.431).

Há ainda 4.572 doentes com idades entre 30 e 39 anos, 3.957 entre os 20 e os 29 anos, 3.409 entre os 60 e 69 anos e 2.501 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista igualmente 585 casos de crianças até aos nove anos e 1.003 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com a DGS, 40% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29% febre, 21% dores musculares, 20% cefaleia, 15% fraqueza generalizada e 12% dificuldade respiratória. Esta informação refere-se a 91% dos casos confirmados.

  
Catarina Machado