Noventa concelhos do país têm mais do dobro dos casos que levaram o Governo a impor o confinamento parcial. O norte é a região com risco mais elevado, com uma média de 1.304 casos por cada 100 mil habitantes.

No dia em que o recolher obrigatório passa a incluir mais 77 concelhos da "lista negra" da covid-19 em Portugal, a Direção-Geral de Saúde (DGS) divulgou a distribuição por concelho dos casos confirmados por cada cem mil habitantes, ou seja, não foi divulgado o número absoluto de infetados.

Estes dados por concelho têm por base a incidência cumulativa a 14 dias, registada entre 28 de outubro e 10 de novembro.  A última vez que a DGS tinha divulgado o panorama da pandemia de covid-19 por concelhos foi a 19 de outubro.

De acordo com a DGS, a incidência cumulativa revelada esta segunda-feira "corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada, por concelho, a 31 de dezembro de 2019, pelo Instituto Nacional de Estatística. Habitualmente é expressa em número de casos por 100.000 habitantes".

Considera-se que um concelho tem um risco elevado de transmissão da Covid-19 quando tem mais de 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, um critério geral definido pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC).

Também esta segunda-feira, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, revelou que a taxa de incidência nacional é de 760 casos por 100 mil habitantes, o coloca Portugal em décimo lugar no cenário europeu. 

No panorama nacional, a situação mais complicada verifica-se na região Norte, que regista 1.304 casos por cada 100.000 habitantes.

Paços de Ferreira é o concelho mais afetado pela pandemia de covid-19, com uma incidência cumulativa a 14 dias de 3.698 casos por 100.000 habitantes. Lousada está também acima do patamar dos 3.000, com 3.362 casos também por 100.000 habitantes. 

Também os concelhos de Vizela, com 2.653 casos por 100 mil habitantes, Paredes com 2.132 registos e Penafiel com 2.055 casos, estão entre os mais fustigados pelo número de infeções.

Os 90 concelhos com mais casos

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu uma diferenciação das medidas aplicadas nos concelhos com taxa de incidência de 240 casos por cada cem mil habitantes, em duas semanas., caso o estado de emergência seja prolongado a partir de 24 de novembro.

Os dados desta segunda-feira revelam que quase um terço dos municípios do país tem mais do dobro do limite de casos definido pelo Governo para avançar com o confinamento parcial, sendo eles:

  • Alijó 480
  • Almada 487
  • Amarante 1.036 (4x)
  • Amares 736 (3x)
  • Arouca 748 (3x)
  • Arronches 567
  • Baião 571
  • Barcelos 799 (3x)
  • Belmonte 1.766 (+5x)
  • Braga 824 (3x)
  • Bragança 509
  • Caminha 970 (4x)
  • Cascais 549
  • Castelo de Paiva 783 (3x)
  • Castro Daire 586
  • Celorico da Beira 606
  • Celorico de basto 620
  • Chaves 496
  • Cinfães 1.299 (+5x)
  • Coruche 801 (3x)
  • Espinho 884 (3x)
  • Esposende 597
  • Estremoz 589 
  • Felgueiras 1.719 (+5x)
  • Figueira da Foz 509
  • Figueira de castelo Rodrigo 895 (3x)
  • Freixo de Espada à Cinta 1.546 (+5x)
  • Fundão 691
  • Gondomar 919 (3x)
  • Guarda 1.055 (4x)
  • Guimarães 1.886 (+5x)
  • Idanha-a-Nova 1.057 (4x)
  • Lisboa 576
  • Loures 513
  • Lousada 3.362 (+5x)
  • Mafra 492
  • Maia 922 (3x)
  • Mangualde 486
  • Manteigas 2.627 (+5x)
  • Marco de Canaveses 1.379 (+5x)
  • Matosinhos 1.170  (4x)
  • Mealhada 638
  • Mêda 501
  • Mogadouro 822 (3x)
  • Monforte 672
  • Mora 507
  • Murça 1.190 (4x)
  • Odivelas 539
  • Oliveira de Azeméis 1.192 (4x)
  • Ovar 881 (3x)
  • Paços de Ferreira 3.698 (+5x)
  • Paredes 2.132  (+5x)
  • Paredes de Coura 609
  • Penafiel 2.055 (+5x)
  • Peso da Régua 514
  • Ponte de Lima 542
  • Porto 1.149 (4x)
  • Póvoa de Lanhoso 674
  • Póvoa de Varzim 930  (3x)
  • Proença-a-Nova 685
  • Redondo 803 (3x)
  • Sabrosa 591
  • Santa Maria da Feira 918 (3x)
  • Santa Marta de Penaguião 636
  • Santarém 531
  • Santo Tirso 1.782 (+5x)
  • São João da Madeira 1.025 (4x)
  • Seia 688
  • Setúbal 592
  • Sever do Vouga 1.218 (+5x)
  • Sines 569
  • Torre de Moncorvo 507
  • Trancoso 1.217  (+5x)
  • Trofa 1.197   (4x)
  • Vale de Cambra 671
  • Valença 790  (3x)
  • Valongo 1.019  (4x)
  • Vila do Conde 865 (3x)
  • Vila Franca de Xira 518
  • Vila nOva de Cerveira 629
  • Vila Nova de Famalicão 1.349 (+5x)
  • Vila Nova de Foz Côa 523
  • Vila Nova de Gaia 878  (3x)
  • Vila Pouca de Aguiar 552
  • Vila Real 598
  • Vila Viçosa 901 (3x)
  • Vizela 2.653 (+5x)

Os nove concelhos sem casos nos últimos 14 dias

No extremo oposto da tabela estão nove concelhos da Madeira e dos Açores sem registos de qualquer caso de infeção pelo novo coronavírus. São eles Calheta, Lajes das Flores, Lajes dos Pico, Madalena, Monchique, Porto Moniz, Santa Cruz das Flores, São Vicente e Vila do Corvo. 

Rafaela Laja