Uma voluntária que se dedica desde há 52 anos ao apoio hospitalar a doentes com cancro, um sénior que ensina natação adaptada, uma empresa e dois projetos com jovens foram distinguidos, esta sexta-feira, com o Troféu Português do Voluntariado.




voluntária do núcleo sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro

âmbito da empresa Resiquímica

Jovem“Rua com Saúde”Projeto Transforma-te

categoria séniorFundação AFID Diferença

“São quatro categorias e cinco projetos que podem servir de exemplo, que é para aquilo que serve este troféu. Não só dignificar o trabalho das pessoas, mas também que outras se possam inspirar naquilo que elas fazem”











As próximas capitais europeias


Foi também hoje divulgado, pela câmara de Lisboa, que Londres, na Inglaterra, e Sligo, na Irlanda, são as cidades que sucedem a Lisboa em 2016 e 2017, como capitais europeias do voluntariado.

A decisão foi conhecida num evento que assinalou também o encerramento das atividades de Lisboa como Capital Europeia do Voluntariado 2015.

Além de Londres e de Sligo, foram cidades candidatas a Capital Europeia do Voluntariado 2016 e 2017 Cascais, Edimburgo (Escócia), Lucca, Cagliari, Varese, Viterbo e Roma (Itália), Belfast (Irlanda), Bruges (Bélgica) e Perm (Rússia).

No sábado é o Dia Internacional do Voluntariado, proclamado em 1985 pelas Nações Unidas para incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo o mundo.