Um homem de 27 anos foi preso preventivamente por suspeita de roubo por esticão a idosas no concelho de Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra, informou este sábado a GNR.

A detenção surgiu na sequência de uma investigação da GNR, "que decorreu durante três meses, devido à ocorrência de três roubos por esticão" em Miranda do Corvo, tendo sido dado "cumprimento a um mandado de detenção e realizada uma busca domiciliária à residência do suspeito, na Azambuja, distrito de Lisboa.

O suspeito selecionava mulheres idosas e tinha como ‘modus operandi’ empurrar as vítimas, e ao mesmo tempo, arrancar-lhes os fios de ouro e levar-lhes as carteiras", explica o comunicado da GNR enviado à agência Lusa.

O homem foi detido pela GNR a 13 de janeiro, através do Núcleo de Investigação Criminal da Lousã, pela suspeita da prática do crime.

No dia seguinte, foi presente ao Tribunal de Coimbra, "onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva", refere o comunicado da GNR, refere que esta ação contou ainda com a colaboração do Destacamento de Intervenção de Coimbra e do Comando Territorial de Lisboa.