Um homem de 52 anos foi detido em Sintra por abuso sexual de crianças e ficou em prisão preventiva, depois de ouvido pelo juiz, de acordo com a Procuradoria Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

A informação publicada no ‘site’ da PGDL refere que, o homem, que foi ouvido pelo juiz de instrução criminal na passada terça-feira, está indiciado pela prática de cinco crimes de abuso sexual de criança.

Segundo os fortes indícios recolhidos, o arguido (…) é suspeito de, por várias vezes, desde o verão do corrente ano de 2018, ter mantido atos sexuais com uma menor de 8 anos de idade, aproveitando o facto de serem vizinhos e por vezes se encontrar sozinho com a mesma”, explica a PGDL.

O homem acabou por ficar em prisão preventiva por perigo de continuação da atividade criminosa.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público da 4ª Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra, Comarca de Lisboa Oeste, com a colaboração da Polícia Judiciária.