Um militar da GNR do posto territorial de Águeda, no distrito de Aveiro, vai ser alvo de um processo disciplinar depois de ter sido apanhado a vigiar as colegas no duche, disse fonte daquela força militar.

“O militar colocou uma câmara no balneário feminino, que foi descoberta, e depois de algumas diligências conseguiu chegar-se à pessoa”, disse à Lusa a mesma fonte.

Referiu ainda que já foi aberto um processo disciplinar e que o militar visado, que se encontra de baixa médica, foi transferido para outra subunidade.

/ MJC