A cantora pop Ariana Grande está a ser processada por ter partilhado uma fotografia no seu Instagram pessoal. O fotógrafo Robert Barbera, autor da fotografia, alega que a artista não tem o direito de colocar a imagem na sua conta pessoal uma vez que nunca pediu permissão nem pagou pelos direitos.

No processo movido, o fotógrafo exige ou os lucros ganhos com a fotografia, ou 25 mil euros por cada imagem captada, optando pelo valor mais elevado.

A foto em questão tem mais de três milhões de gostos.

Este processo, que deu entrada no tribunal esta segunda-feira, surge numa tendência de alguns paparazzi que se dedicam a processar celebridades por utilizarem materiais deles, nomeadamente através da partilha nas redes sociais.

Na ação judicial é possível ler que “[Grande] infringiu os direitos de autor [de Barbera] ao reproduzir e publicar as fotografias na sua página de Instagram”.

As duas fotografias também foram partilhadas no Twitter da cantora.