A Madeira já administrou 15.821 doses de reforço da vacina contra a covid-19, 2.175 das quais a profissionais de saúde, informou esta segunda-feira o Governo Regional.

Na nota distribuída pelo gabinete do Secretário Regional da Saúde e Proteção Civil do arquipélago, é referido que receberam as vacinas “cerca de 35% do universo dos profissionais afetos ao Serviço de Saúde da Madeira”, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, assistentes operacionais, entre outros.

Também destaca que, desde meados de outubro de 2021, que a administração da dose de reforço está a decorrer no modo de ‘casa aberta’, não sendo necessário efetuar agendamento, nos vários centros de vacinação contra a covid-19.

Podem vacinar-se todas as pessoas com idade igual ou superior a 18 anos e com mais de seis meses após a segunda dose, indica.

De acordo com os dados divulgados hoje pela Direção Regional da Saúde (DRS), a Madeira reportou mais 36 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo os 30 doentes hospitalizados registados no domingo.

As autoridades de saúde têm hoje identificadas 405 situações ativas no arquipélago.

A covid-19 provocou pelo menos 5.098.386 mortes em todo o mundo, entre 253,17 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.265 pessoas e foram contabilizados 1.108.462 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

/ BMA