O Livro de Reclamações desta terça-feira é dedicado ao serviço de transporte da Uber.

Em 2004, quando chegou a Portugal, esta empresa mudou a forma de viajar no nosso país, mas nem tudo é tão fácil como parece.

Preços mais baixos e tarifas antecipadas são algumas das vantagens desta plataforma, mas o problema é que não tem atendimento direto ao público e para reclamar há apenas a aplicação.

Muitos pais encaram a Uber como um meio seguro para os filhos se deslocarem. Primeiro porque ficam com a identificação do motorista e depois porque podem seguir o percurso do carro através da App. Mas apesar de a Uber garantir que os seus condutores não têm cadastro, todo o cuidado é pouco.

No mundo das transportadores privadas de passageiros não são só os clientes que reclamam, os motoristas também se queixam.

Se conhece um serviço que não funciona, se acredita que foi enganado e se quer denunciar uma situação, pode enviar a sua reclamação para o nosso livro de queixas através do email aborgesqueixas@tvi.pt.

Você tem os direitos, nós os deveres de investigar e responsabilizar.

Veja aqui outros temas do Livro de Reclamações.