Imagine que faz um crédito à habitação e que consegue um seguro multirriscos mais barato do que aquele que lhe oferece o seu banco: será que tem o direto de optar?

Acácio contraiu um empréstimo no Millennium BCP de Leiria e decidiu subscrever o seguro multirriscos particularmente. Até 2018 tudo correu às maravilhas. O problema começou no dia em que recebeu uma carta do banco que debitava um outro seguro multirriscos numa morada errada onde ele não mora nem nunca morou. Este erro saiu-lhe caro.

Queixou-se várias vezes ao balcão do Millenium BCP e acabou por se queixar diretamente ao Banco de Portugal. Ninguém lhe resolveu a questão.

Durante meses e meses todos empurraram o problema uns para os outros.

Depois de 11 meses, várias reclamações escritas e presenciais ao balcão do Millenium e ainda uma queixa ao próprio Banco de Portugal, Acácio decidiu apresentar queixa num outro livro de reclamações: o nosso, aqui da TVI. Bastou apenas um dia para resolver a situação. O banco já assumiu o erro, cancelou o seguro e até já devolveu todo o dinheiro que tinha debitado abusivamente a este cliente.