Lembra-se de Maria do Céu Quintas, mais conhecida como presidente Zita? Em Freixo de Espada à Cinta parece que pouco, ou nada, mudou. A presidente continua a fazer ajustes diretos que ultrapassam os valores estabelecidos pela lei e até proibiu a gravação das reuniões de câmara.

E de Mário Oliveira, proprietário de várias agências de modelos que alegadamente burlavam pais e crianças, a quem era prometido o sonho se tornarem atores e modelos? O negócio continua, mas com outros nomes. O Ministério Público prossegue a investigação.

A violência doméstica foi, também, tema de uma das reportagens. “Leonor”, a mãe que viu os dois únicos filhos serem mortos pelas mãos do genro conseguiu, finalmente, a guarda do neto, que, perante um cenário de violência doméstica, tinha sido entregue também ao pai agressor.

Ao longo deste tempo, o “Livro de Reclamações” também resolveu problemas a muitos portugueses que reclamaram na antena da TVI.

Estes são apenas alguns exemplos daquilo que pode ver na reportagem completa, emitida esta terça-feira no Jornal das 8.