Foi um dos homens mais ricos de Abrantes, com um património avaliado em cerca de 8 milhões de euros, mas, hoje, vive do subsídio de reinserção social.

Jorge Ferreira Dias perdeu tudo por causa da disputa de um terreno com a Câmara Municipal de Abrantes, liderada durante quase uma década pela atual secretária de Estado do Desenvolvimento Regional.

O processo arrastou-se durante anos na justiça, com três tribunais a darem sempre razão a Ferreira Dias e até a acusar Maria do Céu Albuquerque de má fé processual.

Este empresário da construção civil, que agora vive na miséria, acusa mesmo a secretária de Estado de o ter levado à ruína. A governante mantêm-se indiferente a tudo isto, agindo mesmo à revelia de todas as sentenças já proferidas.

A TVI tentou ouvir Maria do Céu Albuquerque, que se recusou a dar qualquer tipo de esclarecimento.