Chamam-lhes terapias de conversão ou de reorientação sexual. Uma espécie de sociedade secreta, praticada em Portugal por psicólogos, psiquiatras e padres da Igreja Católica, que acreditam que é possível curar homossexuais.

Uma investigação da TVI, mostra-lhe esse mundo secreto, em que a homossexualidade é ainda vista como uma doença, um surto psicótico ou uma perturbação psicológica.

As sessões decorrem em consultórios privados, mas também em igrejas que preveem sessões em grupo para salvar almas perdidas

Uma reportagem da jornalista Ana Leal, com imagem de Nuno Quá e Nuno Assunção, edição de imagem de João Pedro Ferreira e grafismo de Victor Magano.