Há bancos portugueses que estão a ser usados numa rede internacional de branqueamento de capitais. Entre as vítimas  há portugueses,  que são aliciados a fazer investimentos que, na verdade, são falsos.

Investem as poupanças de uma vida e ficam sem um tostão. 

A investigação da TVI mostra provas de como há bancos que nada fizeram e não questionaram transferências de milhares de euros, que receberam de uma só vez.

Entre os bancos visados estão o BPI,  Santander, Millenium BCP e muitos outros.

Em causa, poderão estar milhões de euros que simplesmente desaparecem de contas bancárias em Portugal pelas mãos desta rede criminosa.

O esquema funciona com empresas fantasma e testas de ferro, que abrem contas em bancos portugueses para receberem dinheiro.

O Ministério Público já está a investigar os crimes de branqueamento de capitais, associação criminosa e burla agravada.