Maria tem nove anos. Nasceu sem um olho, sem uma orelha, com problemas cardíacos e várias deformações na coluna. Nada disto foi identificado nas ecografias realizadas durante a a gravidez.

Os pais fizeram queixa ao Conselho Disciplinar do Norte da Ordem dos Médicos, à época presidido por Miguel Guimarães, o atual bastonário da Ordem.

Quase 10 anos depois, há indícios de má prática médica, mas os médicos visados não sofreram qualquer tipo de sanção e continuam a trabalhar. Um deles até faz parte do Conselho Disciplinar do Norte, justamente o Conselho que tem de dar andamento ao processo.

Lucas, por sua vez, nasceu com várias malformações que também não foram detetadas nas ecografias.

Lucas tem uma escoliose grave e nasceu com o coração do lado direito. Segundo a família do bebé, as ecografias não duravam mais do que dois minutos.