Os incêndios de outubro de 2017 devastaram a zona Centro e causaram 50 mortos.

Três anos depois da tragédia, há ainda famílias sem casa, a viverem em roulotes.

É o caso de Luka, uma jovem de 13 anos, portuguesa, que vive numa roulote. Uma comunidade de estrangeiros acolheu a família de Luka, que, depois dos fogos, não tinha para onde ir.

A casa desta família, em Oliveira do Hospital, foi das que ardeu na totalidade.

Esta família chegou a ter o aval da Câmara Municipal para ter a sua casa reconstruída, mas, dois anos depois da aprovação, o processo foi anulado.