O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve um homem de 42 anos, com nacionalidade do leste europeu, mas residente em Aveiro, em cumprimento de mandado de detenção europeu. 

O homem, que faz parte de uma organização criminosa de caráter internacional, desmantelada recentemente pelas autoridades espanholas no âmbito da “Operação Lora”, foi presente a tribunal e ficou em prisão preventiva.

Segundo o SEF, a operação investiga “fortes indícios de que se trata de uma organização criminosa de caráter internacional, que procede à angariação, aliciamento, recolha e distribuição por diversos países europeus, de cidadãs do leste da Europa, para a prática da prostituição de rua”.

Nesta operação, foram resgatadas 13 vítimas em Espanha e detidas 18 pessoas, uma das quais em Portugal, uma na Roménia e 16 em Espanha.