A Proteção Civil Municipal de Sernancelhe, no norte do distrito de Viseu, anunciou esta quinta-feira que os testes para deteção da covid-19 realizados aos utentes dos lares e aos bombeiros voluntários tiveram resultado negativo.

Em comunicado, a Proteção Civil Municipal refere que, nove dias depois de ter sido registado o primeiro caso de covid-19 no concelho, a Autoridade de Saúde “desenvolveu um plano de ação que incluiu a realização, nos últimos dias, de cerca de 400 testes”, que abrangeram os lares, em que tinham sido registados casos positivos entre os funcionários, o município e toda a corporação de bombeiros.

Os testes foram reveladores: não há casos positivos em utentes dos lares, nem na corporação de bombeiros”, sublinha.

Segundo a mesma fonte, foram realizados 204 testes aos utentes e funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Sernancelhe (que compreende a valência de Cuidados Continuados) e do Lar do Sagrado Coração de Maria, em Ferreirim.

Todos os utentes testaram negativo, verificando-se apenas dois casos positivos entre funcionários da Santa Casa da Misericórdia, com correspondência direta à linha de contágio já identificada na comunidade”, explica.

No que respeita à corporação de bombeiros, “pese embora não apresentasse qualquer caso positivo, foi entendimento da Autoridade de Saúde tratar-se de uma instituição essencial para o socorro e que tem de estar na primeira linha de atuação, pelo que foram realizados meia centena de testes, que resultaram todos negativos”.

A Proteção Civil Municipal refere ainda que, relativamente aos funcionários da autarquia, “que tinha cinco colaboradores em isolamento há vários dias, depois de testarem positivo por ligações a contágios também na comunidade, foi realizada mais de uma centena de testes”.

Confirmaram-se “mais três casos positivos, que já se encontram em isolamento profilático e acompanhados pela Autoridade de Saúde”, garante.

Por indicação da Autoridade de Saúde, os serviços municipais encontram-se a funcionar normalmente, prestando todos os apoios necessários à população e tendo inclusive reforçado as ações no terreno por parte da Proteção Civil Municipal”, acrescenta.

Na segunda-feira, o próprio presidente da Câmara de Sernancelhe, Carlos Silva Santiago, disse estar infetado.

Encontro-me bem de saúde, não aparento qualquer dos sintomas habituais da covid-19 e estou a cumprir as normas e recomendações da Saúde 24. Apesar de estar em isolamento, sinto-me em condições de continuar a acompanhar toda esta situação e não hesitarei em tomar medidas, em coordenação com as autoridades de saúde, que sejam essenciais ao bem-estar e saúde da nossa comunidade”, referiu Carlos Silva Santiago.

Portugal contabiliza pelo menos 1.852 mortos associados à covid-19 em 62.126 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

/ CE