Um homem de 38 anos suspeito de um total de sete crimes de roubo qualificado, cometidos sobretudo junto a estações do Metropolitano de Lisboa, foi detido na quinta-feira e vai aguardar julgamento em prisão preventiva, anunciou esta terça-feira a PSP.

O homem já tinha sido detido em 3 de abril por cinco crimes de roubo qualificado no Metropolitano de Lisboa, cometidos junto aos terminais do Martim Moniz, Intendente e Cidade Universitária, altura em que lhe foi aplicado termo de identidade e residência como medida de coação.

Entretanto, a PSP imputou ao suspeito mais dois roubos qualificados cometidos após essa data, um deles sobre um jovem no interior da Estação de Metro de Santa Apolónia e o outro sobre um homem de 83 anos no parque de estacionamento em frente ao Hospital de Santa Maria.

Ao suspeito foi imputada a autoria de um total de sete ilícitos graves e violentos, salientou a PSP.

O detido já em 2019 tinha sido indiciado por mais dois crimes de roubo, além de cerca de duas outras dezenas de crimes, maioritariamente crimes de ofensas à integridade física e de ameaças”, acrescentou.

O homem foi presente a primeiro interrogatório de arguido detido, tendo ficado em prisão privativa, a medida de coação mais gravosa.

/ CE