Um homem de 47 anos foi detido, em flagrante delito, na quinta-feira, em Loures, por ser suspeito do crime de tráfico de estupefacientes, uma vez que transportava 30.000 doses de heroína, anunciou a Polícia de Segurança Pública (PSP), esta segunda-feira

No âmbito do combate à criminalidade, principalmente no tráfico e consumo de estupefaciente, o suspeito foi detido na posse de “duas malas de viagem com 30.000 doses de heroína dissimulada e oculta”, o que motivou uma busca domiciliária que resultou na apreensão de “30.000 doses de heroína, 14 de ‘ecstasy’, balanças de precisão, 510 euros em numerário e outros objetos que indiciam a prática do crime de tráfico de droga”.

Em comunicado, a PSP considerou que esta detenção, e a consequente apreensão deste tipo e quantidade de droga, foi “suficientemente impactante” para diminuir a sua circulação e introdução no mercado da Área Metropolitana de Lisboa, no sentido de “evitar os efeitos nefastos” do consumo deste tipo de estupefaciente.

Com antecedentes criminais, o detido já foi presente no Tribunal Judicial da Comarca Lisboa Norte – Núcleo de Loures, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

/ AG