A polícia foi obrigada a disparar para o ar, esta quarta-feira ao final da tarde, na Amadora, depois de quatro agentes serem agredidos na sequência de um acidente de trânsito. 

As imagens divulgadas nas redes sociais mostram os polícias a serem agredidos quando tentavam deter dois homens. 

A PSP confirmou à TVI que os suspeitos, de 25 e 31 anos, são os ocupantes do veículo que chocou com um autocarro de passageiros. 

Em comunicado, a PSP diz que "os agentes da PSP deslocaram-se ao local da ocorrência onde, após o diálogo com os intervenientes e a verificação da falta de habilitação para conduzir, o condutor de 25 anos e o passageiro da viatura por este conduzida, partiram para agressões aos quatro policias que tiravam nota dos dados da ocorrência, o que motivou a detenção dos dois homens".

"Perante tais factos, houve a necessidade de efetuar dois disparos para o ar a fim de se conseguir proceder à detenção dos dois indivíduos, dada a complexidade física dos suspeitos, a forma agressiva como reagiram para com os polícias e dado o ajuntamento de pessoas no local que tentaram impedir o desempenho do serviço de polícia", acrescenta o comunicado.

Os dois indivíduos, suspeitos da prática do crime de ofensas à integridade física qualificada e resistência e coação sobre funcionário, acabaram por ser detidos e foram presentes a tribunal esta quinta-feira.

Os quatro agentes tiveram de receber tratamento hospital.