parecer negativo



“Não se compreende a ordem, num evento com milhares de pessoas eufóricas, colocando os agentes em risco”, disse à TVI, acrescentado que a ASPP vai pedir uma reunião ao Comando do Corpo de Intervenção de Lisboa para apurar “de quem” partiu a ordem. Isto é, se foi por iniciativa do comandante ou se houve uma indicação superior.

“Vamos pedir uma reunião. Há oito polícias feridos e é necessário apurar responsabilidades”, adiantou.






“Mesmo que o parecer fosse positivo, não se compreende a ordem”, explicou.