Um homem, de 43 anos, ficou em prisão preventiva por ser suspeito de vários crimes de roubo, recorrendo a ameaças com armas brancas e uma seringa, informou, esta quarta-feira, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis).

Em comunicado, o Cometlis refere que o homem, que foi detido na segunda-feira, em Lisboa, tem antecedentes criminais e já cumpriu pena de prisão efetiva pelo mesmo tipo de crime.

Atualmente, encontrava-se em liberdade condicional, desde novembro de 2019, e está indiciado pela autoria de, pelo menos, cinco roubos qualificados.

“O detido abordava as vítimas, normalmente do sexo feminino, em locais pouco movimentados, ameaçando-as com uma arma branca ou até com uma seringa já utilizada e, com extrema frieza, subtraía-lhes os bens que possuíam. Em algumas delas, não satisfeito, sequestrava as vítimas até um ATM próximo, onde, através de ameaça da arma, as obrigava a fornecer-lhe o código do cartão multibanco, para depois saquear diversas quantias monetárias”, explica a PSP.

O homem foi presente à Instância Central, 11.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

/ MM