Estado chegou a acordo

“O valor não tem importância nenhuma, é apenas o reconhecimento de que erraram, porque nada paga a perda de uma filha”, assumiu Margarida Lucas à saída do Tribunal de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, onde hoje se soube que o Estado Português vai pagar 200 mil euros aos pais da jovem, após acordo alcançado perante a autoridade judicial.




“Acha que há justiça para a morte de uma filha desta forma?! Não há, claro”, disse.