A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recebeu, entre as 00:00 e as 10:00 desta sexta-feira, mais de 200 ocorrências de norte a sul do país devido à chuva forte. O distrito de Lisboa foi o mais afetado, seguido de Coimbra e do Porto.

Entre as ocorrências registadas, 60 são quedas de árvores - a maioria em Lisboa -, 18 quedas de estruturas (andaimes e placards) e 28 inundações.

“O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu aviso amarelo para quase todo o país por causa da chuva, mas está preocupado com Lisboa. Há a possibilidade de até às 10:00 podermos ter precipitação de 10 a 20 milímetros numa hora”, disse.

O IPMA prevê para, esta sexta-feira, no continente períodos de chuva persistente e por vezes forte e acompanhada de ventos que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas.