Outros títulos:

- «Falta de certificado exclui centenas de professores do concurso». Desde 2006, passou a ser prevista uma «qualificação profissional» para a docência que, este ano, é exigida pela primeira vez. Quem frequentou os cursos tradicionais de Educação já a tem por inerência. Aos outros, foi dada a opção de fazer uma «profissionalização» no ensino superior, paga pelo Ministério. O problema é que, para ser elegível para essa formação, o professor tem de contabilizar pelo menos seis anos de serviço ininterrupto nas escolas.

- «O alfaite português do principe Carlos». Ayres Gonçalo, aprendiz português da Savile Row, tem o raro privilégio de fazer fatos à medida para o príncipe Carlos e Gordon Brown. O talento para o corte e costura está-lhe no sangue, e esta semana vai ser avaliado por um júri internacional em Londres