Foram encontrados vestígios da bactéria Legionella no serviço de águas quentes das cantinas dos Centros Escolares de Recarei e de Mouriz, em Paredes, confirmou a autarquia esta quarta-feira.

Ao que a TVI conseguiu apurar, a bactéria foi detetada durante uma análise regular da Câmara Municipal e já foi determinado o encerramento dos refeitórios e cantina dos dois centro escolares.

Fonte da autarquia adianta ainda que foi desligado o circuito de água quente, sendo que os "balneários estavam já encerrados, uma vez que as norma da DGS sobre a pandemia da covid-19 a tal obriga".

Foram criados espaços alternativos para os alunos efetuarem as refeições , cumprindo com as normas atuais da DGS", sublinha a Câmara em comunicado,

A Câmara presume que a presença bacteriana se deva ao facto de os estabelecimentos de ensino terem estado parados desde março, mas garante que foram tomadas medidas preventivas antes de arrancar o novo ano letivo.

Por orientação da Delegada de Saúde, explica fonte da autarquia, as escolas continuam a funcionar, com as adaptações anteriormente referidas.