As concessionárias EGF, um grupo de tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lançaram, esta quarta-feira, a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus.

Nesta campanha, são as crianças que dão voz ao movimento O Futuro do Planeta não é Reciclável, que apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. 

O vídeo mostra ainda o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e dá rosto aos milhares de trabalhadores deste setor de atividade.

Com um investimento de mais de um milhão de euros, o movimento O Futuro do Planeta não é Reciclável, apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. 

O objetivo desta campanha é levar o cidadão à ação e a fazer parte de um movimento coletivo, através da adoção de comportamentos ambientais adequados na sua gestão diária e ao assumir o seu papel de gestor de recursos.

Esta é uma campanha muito importante para o grupo EGF. Contámos com o envolvimento de todas as concessionárias, colaboradores e parceiros, para criarmos, em conjunto, um movimento ambiental coletivo que vai fazer a diferença”, sublinhou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

Redação / RL