Um homem foi detido na segunda-feira em Almada, no distrito de Setúbal, por extorsão da totalidade das pensões de dois idosos, durante 10 anos, a quem ‘emprestava’ depois pequenas quantias do dinheiro, exigindo juros, informou hoje a GNR.

De acordo com o comunicado, “o suspeito extorquia duas vítimas idosas, ficando-lhes com uma pensão de reforma e uma pensão de subsistência por invalidez, que eram entregues mensalmente pelas mesmas em mão”.

O detido, com 64 anos, injuriava e ameaçava de morte as vítimas, “como forma de garantir que estas lhe entregavam o dinheiro das pensões por inteiro”, explicou a GNR.

Os idosos iam diariamente encontrar-se com o suspeito, que lhes entregava “pequenas quantias de dinheiro para sobreviverem, quantias estas que ficavam em dívida e tinham de ser pagas ao suspeito, com juros a 100%”.

Desta forma, os idosos extorquidos viviam em condições deploráveis, sem fornecimento de água, luz ou gás, e com 20 canídeos no interior da sua habitação, há cerca de 10 anos”, salientou.

O suspeito foi detido em flagrante delito, imediatamente após ter recebido o dinheiro das vítimas, no âmbito de uma investigação que durou três meses.

O detido será presente hoje ao Tribunal Judicial de Almada.