O Estado vai comparticipar o primeiro medicamento à base de canábis vendido em Portugal. O Sativex é indicado para doentes com esclerose múltipla e deve estar no mercado em setembro.

O medicamento custa 475 euros e a comparticipação do Estado é de 37%, de acordo com o jornal Público.

Este remédio vai poder ser vendido nas farmácias de rua. Além deste, o Infarmed está ainda a avaliar um pedido de autorização de colocação do mercado de um produto feito à base da planta.

A lei da utilização de canábis em medicina entrou em vigor a 1 de fevereiro deste ano.