Um novo voo da TAP autorizado pelo Governo português entre São Paulo (Brasil) e Lisboa será realizado a 9 de abril, destinado aos portugueses ou estrangeiros residentes em Portugal afetados pela suspensão das ligações aéreas devido à covid-19.

De acordo com o Governo português, este voo partirá a 9 de abril do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, com destino a Lisboa, segundo “as medidas aplicáveis ao tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal continental, no contexto da situação epidemiológica provocada pelo vírus SARS-CoV-2”.

A mesma fonte referiu que a TAP Air Portugal irá contactar “os passageiros que, sendo portugueses ou cidadãos estrangeiros residentes em Portugal, foram afetados pela suspensão dos voos e manifestaram, junto dos postos consulares portugueses no Brasil, necessidade de regresso imediato a território nacional”.

Para poderem usufruir deste voo os passageiros têm de apresentar um comprovativo da realização de teste laboratorial (RT-PCR) para rastreio da infeção por SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, com resultado negativo.

Este teste tem de ser realizado nas 72 horas anteriores ao momento do embarque, com exceção das crianças que não tenham completado 24 meses de idade.

Além disso, têm de cumprir, após a entrada em território português, um período de isolamento profilático de 14 dias, no domicílio ou em local indicado pelas autoridades de saúde portuguesas.

O Governo português anunciou na segunda-feira que as restrições aéreas em vigor vão ser prolongadas até 15 de abril.

Apenas estão permitidos os voos de repatriamento e os cidadãos que cheguem a Portugal provenientes do Brasil e Reino Unido, nos voos de repatriamento ou através de escalas, bem como da África do Sul ou de países com taxa de incidência igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes (como França ou Itália) têm não só de apresentar o comprovativo de teste negativo como cumprir um período de isolamento profilático de 14 dias.

/ CP