Domingo, dez e meia da noite (hora de Lisboa). O navio mercante UACC Mansouria, de bandeira das Ilhas Marsall, navegava ao largo dos Açores, a cerca de 250 milhas náuticas, mais de 460 km a sudoeste da ilha das Flores quando um indivíduo de 23 anos, de nacionalidade indiana, a bordo do cargueiro, que tem como destino os EUA, cai ao mar.

De imediato, é dado o alerta para o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, em coordenação com o mesmo Centro das Lajes. A Marinha Portuguesa empenhou o Navio Patrulha Oceânico Setúbal (NRP Setúbal), que se dirigiu à velocidade máxima para a área.

Ao mesmo tempo, outros 11 navios da marinha mercante ouviram o pedido de socorro e participaram nas buscas, sempre coordenados pelos militares portugueses a bordo do NRP Setúbal.

Pelas 01:24 (hora de Portugal Continental) desta terça feira, quase 30 horas depois do alerta, o navio da Marinha Portuguesa avistou o náufrago na água, tendo sido resgatado de imediato, encontrando-se consciente e estável. Neste momento, o indivíduo está a caminho de Ponta Delgada, local onde o tripulante será desembarcado e transferido posteriormente para observação no hospital Divino Espírito Santo, na ilha de São Miguel. 

Estiveram ainda envolvidos nesta operação uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa, e os navios mercantes “UACC Mansouria”, “CMA CGM Marseille”, “Vitakosmos”, “Nordseine”, “Manzanillo”, “MSC Lucy”, “TORM Kansas”, “Golar Seal”, “Star Herdla”, “Frontier Sky” e “Callisto”.

Luís Varela de Almeida