A Marinha anunciou hoje ter resgatado um tripulante de um navio mercante, de bandeira da Libéria, que se encontrava a navegar a cerca de 400 milhas náuticas (740 quilómetros) a sudoeste da ilha Terceira.

A operação foi coordenada desde as 11:25 de sexta-feira (hora dos Açores, menos uma do que em Portugal continental) e o tripulante, filipino, "apresentava sintomas de epigastrialgias com vómito sem sangue, a necessitar de cuidados médicos diferenciados e imediatos".

O resgate foi efetuado na madrugada do dia 05 de outubro, pelas 04:00, pela aeronave EH101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), que transportou o paciente para o aeroporto das Lajes, onde aterrou às 05:55. O paciente foi posteriormente transferido para o hospital Santo Espírito, na ilha da Terceira", precisa a Marinha.

Estiveram envolvidos no resgate, concretiza a entidade, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, o das Lajes, duas aeronaves da Força Aérea (EH-101 e C-295) e uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.