O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP resgatou, na terça-feira, seis cães vítimas de maus tratos. A operação decorreu, na freguesia de Alcântara, na sequência de uma investigação a decorrer pelo crime de maus tratos a animais de companhia. O mandado de busca foi emitido pela Autoridade Judiciária. 

Chegados ao local, os agentes da PSP depararam-se com um cheiro nauseabundo, devido ao acumular de dejetos caninos e outros lixos, no interior da residência. A PSP verificou assim a existência de num problema de saúde pública para os restantes moradores e próprios animais.

Ao todo foram resgatados sete canídeos, três adultos e quatro cachorros, cobertos de pulgas e carraças, com sinais de subnutrição, que "viviam em condições completamente degradantes".

Esta operação teve a colaboração da Brigada de Proteção Ambiental do Comando Metropolitano de Lisboa e da Casa Animal de Lisboa, que fez a recolha dos cães para as suas instalações.

Os maus tratos a animais são considerados crime e o Ministério Público já deduziu este ano, pelo menos uma acusação por este crime