Um tripulante de um navio de carga que se encontra ao largo do Funchal, na Madeira, foi resgatado este domingo. As autoridades receberam um pedido de ajuda médica ainda no sábado à noite, mas o mau tempo dificultou as operações.

Segundo adiantou fonte do Centro Coordenador de Busca e Salvamentos Marítimos. agência Lusa, o pedido foi feito cerca das 22:30 de sábado, mas, devido ao estado do mar e por o navio, de bandeira da Libéria, não estar ao largo do Funchal, só hoje ficaram reunidas as condições para resgate do homem de 55 anos, com sintomas de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

De acordo com a mesma fonte, o navio esteve “toda a noite a navegar para se aproximar da costa”, de modo a ficarem reunidas as condições para que se possa fazer o resgate através de uma lancha de apoio a náufragos, já que as ondas rondam “agora os quatro metros”.

O arquipélago da Madeira encontra-se, até segunda-feira, sob aviso amarelo para a costa sul, e aviso laranja para a costa norte e ilha do Porto Santo, devido à forte agitação marítima.