A GNR resgatou um petauro-do-açúcar numa via pública em Vila Real, sendo que, por se tratar de um animal exótico, está a diligenciar para averiguar a sua proveniência e identificar o seu detentor, anunciou esta quarta-feira o comando territorial.

A Guarda explicou, em comunicado, que, no decorrer de uma ação de patrulhamento, os elementos do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) foram alertados sobre um animal encontrado por um cidadão na via pública.

De imediato, explicou, deslocaram-se ao local, onde recolheram o exemplar de petauro-do-açúcar (Petaurus breviceps) que “aparentava estar debilitado”.

O animal foi entregue no Centro de Recuperação de Animais Selvagens (CRAS) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, para monitorização do seu estado de saúde, recuperação e posterior entrega ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

A GNR explicou que, por se tratar de uma espécie exótica, vai efetuar diligências para averiguar a sua proveniência e tentar identificar o seu detentor.

O petauro-do-açúcar é um pequeno marsupial nativo de países como a Austrália e a Nova Guiné, onde vive em árvores e tem a capacidade de planar.

A Guarda referiu ainda que, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais e, para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas

/ HCL