A ASAE instaurou 26 processos de contra ordenação e um processo crime durante uma fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas, no sul do país, tendo apreendido alimentos no valor de 1.600 euros.

A ação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), esta quarta-feira divulgada em comunicado, destinou-se a verificar os requisitos de higiene em zonas de veraneio.

Foram fiscalizados 144 operadores económicos e apreendidos três instrumentos de pesagem, além de cerca de 38 quilogramas de produtos alimentares, no valor total de 1.586,10 euros.

O processo-crime foi instaurado por “fraude de mercadorias”. A ASAE determinou a suspensão de atividade de um estabelecimento, por “incumprimento dos requisitos gerais e específicos de higiene”.

/ CE