Uma nova descarga poluente na Ribeira dos Milagres ocorreu novamente esta quinta-feira no concelho de Leiria. José Carlos Faria, da Comissão Ambiente e Defesa da Ribeira dos Milagres, explicou à Lusa que «a descarga foi feita durante a noite, aproveitando a chuva». O responsável garante adianta ainda que pela manhã ainda era visível «água turva, preta e com espuma».

«A descarga foi muito maior do que foi possível ver pela manhã», afirmou, acrescentando que pelo cheiro, se tratou de uma «descarga de efluentes suinícolas». A Lusa confirmou junto da GNR de Leiria a descarga que garantiu que militares do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente já estão a proceder a diligências que incluem a recolha de água e a descoberta da origem da descarga.

Esta não é a primeira descarga na Ribeira dos Milagres. Há vários anos que se regista este problema que se espera que seja resolvido com a construção de uma estação de tratamento de efluentes suinícolas (ETES).
Redação / AFN